MINICURSO ONLINE
"FUNDAMENTOS DA TEORIA DO APEGO PARA A PRÁTICA DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE E EDUCAÇÃO" - Teoria e Seminário Clínico
Dias 22, 23, 24, 25 e 26 de setembro de 2020
Via plataforma zoom
 
Objetivo
Parte teórica:
Este curso visa apresentar os fundamentos básicos da Teoria do Apego para profissionais e estudantes das áreas da Saúde e Educação que atuam ou desejam atuar com indivíduos, famílias e grupos em diferentes contextos, considerando as especificidades de cada ambiente de trabalho.
 
Seminário clínico:
Além das aulas teóricas, vamos oferecer uma instigante manhã de supervisão clínica, visando contribuir com os fundamentos da Teoria do Apego na reflexão sobre casos clínicos e institucionais apresentados pelos participantes. Para isso, os mesmos deverão enviar um resumo do caso a ser supervisionado para o email: [email protected]
 
Você conhece a Teoria do Apego?

Trata-se de uma abordagem teórica nascida no berço da psicanálise inglesa, mas que transcendeu seus pilares conceituais e foi encontrar em outros paradigmas da Psicologia e da Etologia algumas respostas daquilo que seu principal autor, o psiquiatra John Bowlby, observava no comportamento de centenas de crianças desde o início da década de 40 e que culminou com o nascimento de uma das mais importantes abordagens teóricas contemporâneas que explicam o desenvolvimento humano.

Como psiquiatra infantil, Bowlby (1963) sempre priorizou a observação direta do comportamento infantil, em especial, em seus espaços de convivência íntima, para explicar comportamentos inseguros, sofrimentos manifestos e toda e qualquer classe de sintomas psicogênicos na infância e como os mesmos poderiam ser bases de diversos tipos de adoecimentos psíquicos ao longo da vida.

Desta forma, seu trabalho possibilitou a compreensão da natureza instintiva do ser humano que deu origem a uma abordagem muito efetiva em termos de prevenção e tratamento da saúde mental diante do cuidado das relações vinculares em diferentes contextos.

Como a Teoria do Apego pode ajudar nas questões vinculares que surgem tanto no consultório como em uma sala de aula?

Na sociedade contemporânea os vínculos se ampliam e se transformam rapidamente. A atuação do profissional de saúde e educação é um desafio neste novo cenário e, por vezes, nos sentimos sem instrumentos para lidar com as crises e dificuldades de interação daqueles que cuidamos. Seus padrões e repetições de comportamentos podem nos gerar desânimo frente às inúmeras tentativas de ajuda que realizamos em nosso trabalho.

Tanto um terapeuta em seu consultório, como um professor em sala de aula ou um médico no ambiente hospitalar irão se deparar com pessoas de difícil manejo e pouca adesão ao trabalho proposto. Com base nesta teoria, você poderá entender as condições básicas para uma comunicação efetiva em sua atuação, visando minimizar o sentimento de ameaça tanto de pacientes como alunos ou colegas. Diante desta premissa, a Teoria do Apego torna-se uma ferramenta muito eficiente no dia-a-dia.

 
Facilitadoras

Dra. Gabriela Casellato
Psicóloga formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) em 1995, com mestrado e doutorado em Psicologia Clínica pela mesma Universidade. Co-fundadora, professora e supervisora do 4 Estações Instituto de Psicologia. Co-coordenadora do curso de Especialização e Aprimoramento em Teoria, Pesquisa e Intervenção em Situações de Luto e Co-coordenadora do curso de Especialização e Aprimoramento em Intervenções Psicológicas Fundamentadas na Teoria do Apego no mesmo instituto. Organizadora dos livros "Dor silenciosa ou dor silenciada? Perdas e lutos não reconhecidos por enlutados e sociedade" (Polo Books, 2013) e "O Resgate da Empatia: suporte ao luto não reconhecido" (Summus, 2015).
Atua há mais de 25 anos com base na Teoria do Apego, e sob a mesma influência, atua como supervisora clínica e institucional. Autora de diversos capítulos em livros sobre formação e rompimento de laços afetivos e consultora ad hoc das revistas de Psicologia da USP e PUC-Campinas e da Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia.
Membro da SEAS (Society for Emotion and Attachment Studies) e representante da IAN Brasil (International Attachment Network).

 
Dra. Valéria Tinoco
Psicóloga formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Mestre e Doutora pelo Programa de Psicologia Clínica da PUC-SP. Co-fundadora, professora e supervisora do 4 Estações Instituto de Psicologia. Co-coordenadora do curso de Especialização e Aprimoramento em Teoria, Pesquisa e Intervenção em Situações de Luto e Co-coordenadora do curso de Especialização e Aprimoramento em Intervenções Psicológicas Fundamentadas na Teoria do Apego no mesmo instituto. Co-autora do livro "O dia em que o passarinho não cantou" (Ed. Zagodoni, 2018), co-organizadora do livro "Luto na Infância: Intervenções Psicológicas em Diferentes Contextos" (Ed. Livro Pleno, Campinas, 2005), autora de capítulos em livros e artigos científicos sobre formação e rompimento de vínculos afetivos. Representante da IAN Brasil (International Attachment Network).
 
Público Alvo
Profissionais e estudantes das áreas de Saúde e Educação.
 
Carga Horária
12 horas (aulas teóricas) + 4 horas (seminário clínico)
 
Programação
Dia 22/09 - das 19 às 22 h
» John Bowlby, Mary Ainsworth e a revolucionária Teoria do Apego
» Teoria do Apego na Contemporaneidade: a diversidade dos vínculos, os diversos sistemas cuidadores informais e formais e novas configurações familiares
 
Dia 23/09 - das 19 às 22 h
» Conceitos Principais: do instinto à mentalização
 
Dia 24/09 - das 19 às 22 h
» Psicoterapia com base na Teoria Apego
 
Dia 25/09 - das 19 às 22 h
» Apego em diferentes instituições: como pensar sobre indivíduos, hierarquia, contexto e segurança
 
Dia 26/09 - das 09 às 13 h
Seminários clínicos: supervisão de casos clínicos e institucionais com fundamentação na TA.
 
Obs: Os participantes que desejam apresentar casos, deverão enviar um email com um resumo considerando: histórico, demanda e dificuldades encontradas no manejo da intervenção. A equipe do 4 Estações Instituto de Psicologia fará uma seleção dos casos que serão discutidos em supervisão considerando critérios pedagógicos. O número de casos a serem apresentados e supervisionados é limitado.
 
Investimento
O aluno pode participar apenas da parte teórica, apenas do seminário clínico ou de ambos.
 
Opções:
1) Apenas parte teórica - R$ 550,00 (12 horas) ou
2) Seminário Clínico - R$ 250,00 (4 horas) ou
3) Teoria + Seminário Clínico – R$ 680,00 (16 horas) - neste caso, é possível o parcelamento em 2 vezes: 1ª no ato da inscriçao e 2ª em 10/09/2020
 
Obs: A parte teórica será gravada e disponibilizada para os alunos por 42 horas.
 
Inscrições
De 20/06/2020 a 10/09/2020
[email protected]
Tel: 98532-0035
 
Observações
1. As aulas serão ministradas via plataforma zoom e as orientações serão enviadas por e-mail após a realização da matrícula.
 
2. Os certificados de participação serão enviados por e-mail após a finalização do curso.
 
Atenção:
Devido à pandemia, comunicamos que por período indeterminado nosso telefone de contato passa a ser exclusivamente pelo celular abaixo:
(11) 98532-0035 - das 8 às 17 horas ou via Whatsapp.
 
Para maiores informações:
Rua Dr. Melo Alves, 89 - conj. 202
Jardim Paulista - CEP: 01417-010
São Paulo - SP
www.4estacoes.com
[email protected]
   

 

® 2014 - 4 Estações Instituto de Psicologia - Todos os Direitos Reservados
Rua Dr. Melo Alves, 89 - Conj. 202 - Jardim Paulista
CEP 01417-010 - São Paulo - SP - Tel. (11) 3891-2576
Instagram Facebook Youtube